Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

DIREITO ANIMAL. DIREITO DE NÃO SER ESCRAVO DA HUMANIDADE

Há um trecho de uma das músicas de Raul Seixas que diz o seguinte:“O ser humano virou carrasco e vítima do próprio mecanismo que ele criou”. A espécie humana está na muito incômoda situação de realizar a autoescravização. De modo geral, somos escravos de um sistema social que consegue,com um certo êxito, determinar o que devemos pensar, o que não devemos pensar, o que devemos fazer, o que não devemos fazer,etc. Tornamo-nos, mais ou menos, marionetes, e assim ficamos com pouca capacidade de interferir de modo bem mais substancial no desenrolar da sociedade humana. Somos também escravos das ideias, habilmentegravadas em nossos conjuntos de valores desde criança, que não somos capazes de,sozinhos, libertar-nos de hábitos que nós já percebemos com clareza que nos são muito nocivos, e também ao planeta. Penso que a escravidão que os seres humanos impõem aos animais não humanos só vai poder acabar definitivamente quando cada ser humano passar a agir com suficiente autonomia, pondo …

OS BODES NÃO CHORAM DE ALEGRIA

Apesar de saber que a comunicação escrita é bem limitada, e que se costuma dizer que uma imagem vale mais do que mil palavras, assim mesmo vou comentar algo sobre o processo de matança cruel que certos humanos infligem aos bodes, por exemplo. No pequeno vídeo de 30 segundos publicado na próxima postagem, cujo título é o seguinte: “Os bodes não choram de alegria, pode-se ver uma pequena amostra do tratamento diabólico que certos humanos infligem aos animais não humanos que serão despedaçados para saciar o apetite insano por carne de muitos humanos comedores de carne. Ao contráriodos humanos, sobretudo os mais emotivos, os bodes nunca choram de alegria, e quando choram, e costumam fazê-lo muitas vezes, trata-se de um choro de dor, de desespero e de sofrimento intensos infligido por seu carrasco humano que age com determinação e indiferença à agonia do bode, apesar de o seu choro (que pode ser assimilado como um pedido de misericórdia) ser parecido com o choro humano. Acredito firmemente q…

OS BODES NÃO CHORAM DE ALEGRIA

Imagem